Regras do Salto em Distância

OBJETIVO

    Percorrer a maior distância possível em um único salto, seguindo as regras estabelecidas para que o movimento seja considerado válido.



FORMATO

    – Cada competidor tem direito a um número pré-determinado de saltos, de acordo com as regras da competição, sendo, de forma geral, um mínimo de três;
    – Somente o maior salto de cada atleta é contabilizado ao final da competição para a definição da classificação final.


MOVIMENTO

    O movimento de um saltador é composto por quatro momentos básicos.
    – O primeiro é de corrida. O atleta utiliza o espaço da pista para obter aceleração até chegar à tábua;
    – O segundo momento é do impulso. O saltador, embalado pela velocidade que atingiu durante a corrida, tenta se aproximar ao máximo da linha, para então saltar, buscando a melhor angulação para avançar a maior distância horizontal possível;
    – O terceiro é o do vôo. Com o corpo no ar, o atleta tenta, num primeiro instante, inclinar sua cintura para frente e manter as extremidades (braços e pernas) sem tensão, para obter maior distância percorrida;
    – Por fim, o movimento se encerra com a queda na areia. O atleta deve buscar ao máximo aterrisar com equilíbrio suficiente para que seu corpo não penda para trás no impacto, a fim de que não perca alguns centímetros valiosos na medição.

MEDIÇÃO

    A distância percorrida é medida entre a linha limite de corrida, demarcada na tábua, e o ponto de primeiro contato do atleta com a caixa de areia. Por exemplo, se um saltador parar em pé sobre a areia, o local onde seu calcanhar tocou será considerado para a marcação, e não a ponta de seu pé.


A TÁBUA

    – A tábua demarca o local em que é finalizada a pista de corrida e o início da área de medição do salto;
    – Sobre ela, há a demarcação de uma linha (na maioria das vezes, vermelha). O saltador pode correr e tomar impulso pisando na tábua, desde que não pise ou ultrapasse tal linha;
    – Caso ele não siga a regra, o salto é automaticamente considerado inválido, independente da distância percorrida.


GLOSSÁRIO

    – Queimar o salto: diz-se que o competidor “queimou o salto” quando ele pisa ou ultrapassa a linha que demarca o fim da pista de corrida, tornando o mesmo inválido.

    – Grupado: estilo de salto em que o saltador estende pernas e braços para frente, fazendo o movimento de vôo quase que “sentado”.

    – Em arco: estilo de salto em que o saltador mantém seu corpo numa posição vertical, com braços soltos e pernas relaxadas, num movimento semelhante a estar “correndo” no ar.



Continua com dúvidas nas regras?

Acesse nosso Tira-Dúvidas e veja as principais perguntas já respondidas!


Um comentário sobre “Regras do Salto em Distância

    Helena

    (13 de agosto de 2016 - 12:40)

    Nao entendo que com tanta areia com é que se pode ver certo o local da batida do calcanhar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *