Regras do Judô

DURAÇÃO DA LUTA

    – No judô, uma luta tem duração de cinco minutos cronometrados. A cada interrupção anunciada pelo árbitro, o relógio para e só volta a correr quando os judocas recebem autorização para voltar ao combate;
    – Vence a luta o judoca que acumular maior pontuação ao final do tempo regulamentar;
    – Caso um judoca consiga um ippon, ele vence automaticamente a luta.



PONTUAÇÃO NO JUDÔ

    Durante a luta, o objetivo é derrubar ou imobilizar o adversário. Para confirmar a efetividade dos golpes e movimentos, o árbitro os classifica em três tipos de pontuação:

    – Ippon: pontuação mais alta do judô. Quando um judoca aplica um ippon, a luta é imediatamente encerrada e o competidor vence automaticamente a disputa. Um judoca consegue um ippon quando:
    a) Imobiliza um oponente por 20 segundos;
    ou
    b) Ao ser imobilizado, o oponente anuncia desistência, batendo a mão duas vezes no tatame ou de forma verbal;
    ou
    c) Aplica uma técnica de queda que o árbitro considera possuir três elementos: induz a queda de costas no adversário, possui força e velocidade.

    – Wazari: segunda pontuação do judô. O acúmulo de dois wazari durante uma luta é equivalente a um ippon, fazendo com que o competidor vença o confronto automaticamente. Um judoca consegue um wazari quando:
    a) Imobiliza um oponente por mais de 15 segundos e menos de 20 segundos;
    ou
    b) Derruba o oponente, porém o árbitro considera que um elemento do ippon (queda de costas, força e velocidade) não foi exercido corretamente durante a técnica.

    – Yuko: a menor pontuação que pode ser conseguida na luta, que serve como desempate ao final dos cinco minutos de disputa. Um judoca consegue um yuko quando:
    a) Imobiliza um oponente por mais de 10 e menos de 15 segundos;
    ou
    b) Derruba o oponente, porém o árbitro considera que dois elementos do ippon (queda de costas, força e velocidade) não foram exercidos corretamente durante a técnica.

PENALIDADES NO JUDÔ

    Durante a luta, o árbitro pode fazer uma interrupção para aplicar penalidades ou advertências aos competidores, caso eles não respeitem as regras do judô. Um judoca é penalizado nas seguintes situações:
    – Falta de combatividade: o competidor não demonstra esforço em tentar derrubar o adversário e fica apenas se esquivando;
    – Desarrumar o judogui (kimono) propositadamente, para que o árbitro interrompa a luta;
    – Colocar os dedos por dentro das mangas do adversário;
    – Colocar mãos, pés ou pernas diretamente no rosto do oponente;
    – Tentar uma imobilização envolvendo a cabeça ou pescoço do adversário.

    A cada infração, o judoca acumula um shido, considerado apenas uma advertência. Entretanto, dois shidos garantem ao adversário um yuko. Três, um wazari. Quatro shidos dão ao adversário um ippon, encerrando a luta.

    PS: Caso um judoca tenha pontuado um wazari e seu adversário sofra três shidos, ele acumulará dois wazari, que equivalem a um ippon, vencendo a luta.

    Existem ainda infrações mais graves, chamadas de hansoku make. Tal tipo de penalidade dá a vitória direta ao adversário e exclui do torneio o competidor que a causou. Um judoca pode receber um hansoku make se:
    – Ofender ou discutir com o árbitro da luta;
    – Agredir o adversário, colocando em risco sua integridade física;
    – Utilizar objetos por baixo do judogui.


GRADUAÇÃO E FAIXAS

    As faixas utilizadas pelos judocas são uma representação de seu nível nesta arte marcial. Conforme o tempo de treino, idade e desempenho em competições, o praticante se gradua e avança para a próxima cor de faixa. No Brasil, a sequência é a seguinte:

    Graduações Kyu para iniciantes
    8º Kyu (Mukyu): faixa branca (primeira faixa de todos os judocas)
    7º Kyu (Shichikyu): faixa cinza (somente para menores de 15 anos)
    6º Kyu (Rokukyu): faixa azul
    5º Kyu (Gokyu): faixa amarela
    4º Kyu (Yonkyu): faixa laranja
    3º Kyu (Sankyu): faixa verde
    2º Kyu (Nikyu): faixa roxa
    1º Kyu (Ikyu): faixa marrom

    Após atingir o 1º Kyu, o judoca completa a graduação de nível iniciante e estará apto a ingressar no nível avançado. A sequência é a seguinte:

    Graduações Dan para avançados
    1º Dan (Shoudan): faixa preta
    2º Dan (Nidan): faixa preta
    3º Dan (Sandan): faixa preta
    4º Dan (Yondan): faixa preta
    5º Dan (Godan): faixa preta
    6º Dan (Rokudan): faixa coral (vermelha e branca)
    7º Dan (Shichidan): faixa coral
    8º Dan (Hachidan): faixa coral
    9º Dan (Kyuudan): faixa vermelha
    10º Dan (Juudan): faixa vermelha

    Após atingir o nível de Juudan, o judoca alcança sua última graduação possível.


GLOSSÁRIO

    – Judoca: pessoa que pratica a arte do judô.

    – Judogui: também chamado de kimono, é a vestimenta utilizada pelos judocas.

    – Obi: nome dado às faixas de diferentes cores, que simbolizam o nível do judoca. Também servem para impedir que o judogui saia da posição facilmente.


Continua com dúvidas nas regras?

Acesse nosso Tira-Dúvidas e veja as principais perguntas já respondidas!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *