Regras do Golfe

OBJETIVO

    No golfe, a bola começa numa determinada posição de saída no campo (tee) e o objetivo do jogador é embocá-la nos buracos com menor número de tacadas que conseguir. Para isso, ele dispõe de diversos tipos de tacos, específicos para diferentes distâncias e terrenos.



DURAÇÃO E VENCEDOR

    – Não há uma duração em tempo determinada;
    – Os jogadores devem completar todo o percurso do campo, composto por 18 buracos;
    – A competição só termina quando todos os golfistas embocam o 18º buraco;
    – A classificação é definida de acordo com a quantidade de tacadas que o golfista leva para terminar o percurso. O vencedor é aquele que, somando o número de todas as tacadas que precisou para concluir o percurso inteiro, termina a competição com o menor total dentre todos os golfistas.


O CAMPO DE GOLFE E OS OBSTÁCULOS

    – Cada campo de golfe é único. Isso significa que não há um padrão de extensão ou posicionamento dos buracos, apesar de seu percurso ter uma média entre 4 e 5 quilômetros;
    – A bola começa sobre o “tee”, uma espécie de pino fincado no solo;
    – O objetivo do jogador no primeiro movimento é tentar uma tacada forte e precisa (drive) o suficiente para colocar a bola no “fairway”, parte do percurso com grama aparada, a fim de facilitar a próxima tacada;
    – O buraco fica numa região menor chamada “green”, onde a grama é bastante rasteira, auxiliando a precisão de uma tacada de curta distância para embocar a bola;
    – Ao redor dos fairways e nas laterais do percurso existem obstáculos. Os mais comuns são lagos e rios, bancos de areia (bunkers) e áreas em que a grama não é aparada (roughs). Os jogadores devem evitar que as bolas parem nestes lugares, pois as tacadas para retirá-las de lá são de difícil execução;
    – Caso a bola caia dentro de um lago ou rio, o jogador pode escolher entre coloca-la de volta no ponto em que realizou a última tacada ou deixa-la numa posição imediatamente ao lado da água. Em qualquer um dos casos, o jogador é penalizado com uma tacada extra contabilizada na soma final da competição;
    – Se a bola cair fora dos limites estabelecidos pelo campo e o jogador não for capaz de localizá-la, ele também será punido com uma tacada extra na soma total.

PAR DO BURACO E PAR DO CAMPO

    – Para se ter uma referência do desempenho do jogador, cada buraco tem um índice, que representa a média de tacadas necessárias para conduzir a bola desde a posição de saída até embocá-la no mesmo. Isso significa que, em um buraco que tenha o “par 3”, a média é de três tacadas para chegar até ele;
    – Os pares são definidos de acordo com a distância entre o tee e o buraco;
    – Da mesma forma, cada campo tem o seu par, que nada mais é que a soma dos pares dos 18 buracos, para se obter uma média total.


ABAIXO OU ACIMA DO PAR

    – Se o jogador emboca a bola na mesma média prevista para o buraco, diz-se que ele “fez o par”;
    – Se o jogador emboca a bola com menos tacadas do que o previsto para o buraco, diz-se que ele “ficou abaixo do par”;
    – Se o jogador emboca a bola com mais tacadas do que o previsto para o buraco, diz-se que ele “ficou acima do par”;
    – Vale ressaltar que não há uma bonificação por “ficar abaixo do par” ou penalidade por “ficar acima do par”. Como dito anteriormente, os pares servem apenas como referência de desempenho. O que é considerado ao final da competição é o total de tacadas que o jogador realizou para completar o percurso de 18 buracos.


TACOS DE GOLFE

    Existem inúmeras variações de tacos, utilizados de acordo com a distância e preferência do jogador. Entretanto, quatro tipos são os mais comuns:

    – Madeira: tacos com a cabeça de madeira são utilizados na primeira tacada em buracos de longa distância. Devido ao seu peso e largura, são capazes de gerar maior velocidade e impacto com a bola, fazendo com que esta viaje distâncias maiores.

    – Ferro: tacos em ferro possuem diversas utilidades, porém são utilizados em situações em que o jogador busca angulações específicas. Devido à sua curvatura, eles podem gerar efeitos (spins) diferentes, úteis para contornar ou encobrir obstáculos.

    – Wedge: feitos de uma variação de metal, estes tacos são utilizados para tacadas mais precisas de média e curta distância, que visam colocar a bola no green. Devido ao peso e formato da cabeça, geram também alturas maiores às tacadas, sendo utilizados também quando o jogador quer retirar a bola de um obstáculo, como banco de areia ou grama não aparada.

    – Putter: também feitos de metal, os putters possuem pouca inclinação e têm cabeças mais baixas que os demais. São tacos designados para bater bolas rasteiras, ideais para serem utilizados no green, onde a grama é aparada por igual e se busca embocar a bola.


VARIAÇÕES DE JOGO

    – Duplas ou times: quando o golfe é praticado em equipes, todos os componentes devem completar o percurso de 18 buracos. Ao final da competição, são somadas as tacadas de todos os golfistas. A dupla ou time que terminar com o menor total vence a disputa.

    – Percurso de 9 buracos: em alguns clubes ou competições, um campo mais curto é utilizado, com apenas nove buracos. As regras do golfe aplicadas são as mesmas dos percursos de 18 buracos.

    – Match play: variação utilizada na disputa entre poucos jogadores (geralmente dois). Em um match play, é levado em consideração o desempenho de buraco a buraco. O jogador que precisar do menor número de tacadas para embocar a bola ganha um ponto. Se realizarem o mesmo número de movimentos, ambos recebem a pontuação. Ao final dos 18 buracos, o jogador que acumular mais pontos vence. EX: no 1º buraco, jogador X emboca a bola em três tacadas, enquanto jogador Z precisa de cinco tacadas para fazer o mesmo. Jogador X receberá um ponto.


GLOSSÁRIO

    – Caddie ou caddy: nome dado ao carregador da bolsa de tacos de um jogador. Um bom caddie conhece bem o percurso e dá conselhos ao golfista, ajudando a montar uma estratégia para evitar obstáculos e embocar a bola com o menor número de tacadas possível.

    – Golf cart: veículo utilizado para locomoção dentro do percurso. São pequenos carros abertos e de baixa velocidade.

    – Birdie: o jogador faz um birdie quando emboca a bola com uma tacada abaixo do par.

    – Eagle: o jogador emboca a bola com duas tacadas abaixo do par.

    – Albatross: o jogador emboca a bola com três tacadas abaixo do par.

    – Condor: o jogador emboca a bola com quatro tacadas abaixo do par.

    – Bogey: o jogador faz um bogey quando emboca a bola com uma tacada acima do par.

    – Double bogey: o jogador emboca a bola com duas tacadas acima do par.

    – Triple bogey: o jogador emboca a bola com três tacadas acima do par.

    – Quadruple bogey: o jogador emboca a bola com quatro tacadas acima do par.


Continua com dúvidas nas regras?

Acesse nosso Tira-Dúvidas e veja as principais perguntas já respondidas!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *