Regras da Canoagem de Velocidade

Conheça as regras da canoagem de velocidade, um esporte Olímpico em que são usados dois tipos de barcos.

OBJETIVO

Percorrer a distância da prova, demarcada por raias, no menor tempo possível.

TRAJETO

  • As competições são praticadas em locais com águas calmas;
  • Os participantes são divididos em nove raias (oito nos Jogos Olímpicos) demarcadas por boias e dispostas em linha reta;
  • Provas são divididas em distâncias de 200 metros, 500 metros, 1.000 metros e 5.000 metros (distância praticada apenas em competições que não são Olímpicas).

CANOA E CAIAQUE

Na modalidade de canoagem de velocidade, são usados dois tipos de barcos: canoas e caiaques.

  • Canoa: sua parte superior é aberta, para que o atleta fique ajoelhado em uma das pernas e apoiado sobre a outra no assoalho. O remo utilizado tem uma única pá. Dessa forma, o competidor rema apenas de um lado.
  • Caiaque: possui um “buraco” em que o atleta permanece sentado, deixando somente o tronco, os braços e a cabeça para o lado de fora. O remo utilizado tem duas pás. Dessa forma, é possível que competidor reme, de forma intercalada, no lado direito e no lado esquerdo.

IDENTIFICAÇÃO DAS PROVAS

As provas são identificadas por meio de códigos, que indicam diversas informações sobre a modalidade:

  • Gênero: M (masculino) ou W (feminino);
  • Tipo de barco: C (canoa) ou K (caiaque);
  • Equipe: 1 (prova individual), 2 (dupla) ou 4 (quarteto);
  • Distância: 200m, 500m, 1000m ou 5000m.

Exemplo: WC2 1000m é a identificação de uma disputa feminina (W) de canoa (C) em dupla (2) de 1.000 metros (1000m).

LARGADA

  • A linha de largada deve formar um ângulo reto (90°) com as raias e ser sinalizada por uma bandeira vermelha em cada uma de suas duas extremidades;
  • Os barcos devem ser posicionados em suas respectivas raias, permanecer parados, ficar paralelos uns aos outros e com suas proas alinhadas com a linha de largada;
  • Quando todos estiverem alinhados, o árbitro ou sistema automático de largada dirá os comandos “ATENÇÃO, PRONTOS” (em inglês, “READY, SET”) e fará um sinal sonoro, também conhecido como “TIRO”, para informar aos atletas o início da prova;
  • Os competidores só podem começar a remar após o “TIRO” ser dado;
  • Se o árbitro julgar que os barcos não estão alinhados, ele poderá dizer “PARE” (em inglês, “STOP”) para que o realinhamento seja feito.

CHEGADA

  • A linha de chegada deve formar um ângulo reto (90°) com as raias e ser sinalizada por uma bandeira vermelha em cada uma das duas extremidades;
  • O competidor termina a prova quando a proa de seu barco atravessa a linha de chegada.

CLASSIFICAÇÃO

  • A classificação da prova segue a ordem em que os competidores cruzam a linha de chegada e é definida pelo árbitro;
  • Caso dois ou mais barcos cruzem a linha de chegada ao mesmo tempo, eles ocupam a mesma posição na classificação;
  • Quando disponível, a fotografia do momento da chegada pode ser usada como critério de desempate, para determinar qual barco cruzou primeiro a linha.

DESQUALIFICAÇÃO

Os participantes podem ser desqualificados das provas de canoagem se cometerem as seguintes infrações:

  • Receber auxílio externo de barcos ou membros da equipe que não estejam participando da prova;
  • Utilizar objetos jogados no trajeto de forma a se beneficiar;
  • Não estiver presente na área de largada no momento em que ela for dada;
  • Durante a largada, se o competidor começar a remar antes do “TIRO”, ele receberá uma advertência do árbitro por “queimar a largada”. Todos os barcos deverão ser alinhados novamente e uma nova largada deverá ser realizada. Caso o mesmo competidor que foi advertido volte a “queimar a largada”, ele será desqualificado da competição.

GLOSSÁRIO

  • Amurada: parte lateral superior das canoas e caiaques.
  • Boca: parte aberta e mais larga das canoas e caiaques, localizada no meio do barco.
  • Esteira: trilha formada na água conforme os barcos entram em movimento.
  • Popa: parte traseira das canoas e caiaques.
  • Proa: parte dianteira das canoas e caiaques. Usada como referência na linha de chegada.

REFERÊNCIAS

Este artigo foi criado com base nas informações publicadas pela Confederação Brasileira de Canoagem – CBCa e pela International Canoe Federation – ICF (conteúdo em inglês).

1 comentário em “Regras da Canoagem de Velocidade”

  1. Pingback: top gay dating sites for free

Não é possível comentar.